sábado, 24 de abril de 2010

Zecharia Sitchin

Zecharia Sitchin é um erudito, especialista na história e na arqueologia do Oriente Médio e do Antigo Testamento. Traduz a escrita cuneiforme da Mesopotâmia e outras linguagens antigas e ocupa o cargo de Consultor da Nasa. Pertencente a um pequeno número de estudiosos que conseguem ler as tábulas de argila encontradas na Mesopotâmia.
Segundo ele, seu interesse, começou ainda em seus dias de escola. Ele estava estudando a Bíblia (Antigo Testamento) em seu idioma original, o hebraico, quando finalmente a turma chegou ao capítulo 6 do Gênesis, a história do Dilúvio.
O capítulo começa com vários versos enigmáticos, dizendo que no tempo pouco antes do Dilúvio, "havia gigantes sobre a Terra", e eles se casaram com as filhas do homem e tiveram filhos delas.
Então o pequeno Zecharia Sitchin levantou a mão e perguntou à professora por qual motivo aquela senhora dizia "gigantes" quando a palavra na Bíblia é Nefilim, que significa "aqueles que desceram", e não obviamente "gigantes". A precisar pela idade do Senhor Sitchin, podesse perceber que tal genialidade não agradou a professora. Em vez de o elogiar por seu conhecimento de hebraico, ela o repreendeu, pois ela, como todas as pessoas, reagiu em protesto: Não se questiona a Bíblia!
 A partir deste dia Sitchin começou uma busca incansável pela verdade que ele acreditava.

Fonte: Shvoong


Nascido em 1922 é autor de livros defendendo uma versão da teoria dos astronautas antigos para a origem da humanidade.
Ele atribui a criação da antiga cultura suméria aos "annunaki" (ou "nefilim"), uma raça extraterrestre nativa de um planeta chamado Nibiru, que se encontraria nos confins do Sistema Solar.
Ele afirma que a mitologia suméria é a evidência disto, embora suas especulações sejam descartadas pela maioria dos cientistas. Alguns historiadores e arqueólogos convencionais discordam de sua tradução dos textos antigos e de sua interpretação da física.

Sitchin formou-se pela London School of Economics, da Universidade de Londres, graduando-se em história econômica. Foi jornalista e editor em Israel durante muitos anos, vivendo atualmente na cidade de New York, onde edita seus livros. Suas obras foram largamente traduzidas, inclusive para o braille. Adquiriu conhecimentos do hebraico antigo e moderno e outras línguas européias e semíticas, do Velho Testamento e da história e arqueologia do Oriente Próximo.

Fonte: Wikipédia.

Em 1976, publicou Tewlfht Planet (O 12° planeta) e assim começou sua trajetória transformadora da pesquisa da história antiga. Em 1993, lançou seu sexto livro, parte da série de Earth Chronicles (Crônicas da Terra).
Sitchin defende que os Anunnaki não são uma alegoria ou criação fabulosa dos sumérios; antes, são seres humanóides que habitam o misterioso planeta Nibiru.
Polêmico, Sitchin fundamenta suas teorias em rigorosas traduções dos textos sumérios, escrituras Védicas (indianas) e textos originais da Bíblia escritos em hebraico e grego.




Bibliografia de Sitchin


· O 12ºPlaneta
· A Escada para o Céu
· O Livro Perdido de Enki
· Guerra de Deuses e Homens
· Os Reinos Perdidos
· Gênesis Revisitado
· When Time Began
· Divine Encounters
· The Cosmic Code
· End Of Days


O autor do livro "Os astronautas do Passado" e do "12º Planeta" - Zecharia Sitchin concedeu uma entrevista, digna de ser devidamente apreciada. Entrevista completa


Iêda Araújo

2 comentários:

Anônimo disse...

Gosto da proposta, seus estudos até hoje são coerentes.

Se para reunir um grupo de pergaminhos, assuntos e dizeres, fez o que nós chamamos de Bíblia ( sensacional... ), mas isso foi depois de Jesus.

E os antes dele ( de Jesus... ) ?

wellingtton Oliveira disse...

Zacharias Sitchim é um extraordinário homem que dedicou sua vida a buscar a verdade e desmitificar o mundo que foi submetido a uma infinidade de controles sociais para submetê-lo a uma servidão burra e desprovida de inteligência, autonomia e liberdade. Sejamos uma só humanidade, nada além disso é a verdadeira liberdade.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tuítes Apocalípticos do Porque2012