sábado, 17 de novembro de 2012

Sobre viagens intergalácticas e vida fora da Terra



Este é um post diferente. Vim falar sobre minha opinião a respeito desses dois assuntos tão controversos: viagens intergalácticas e vida fora da Terra. Hoje, ao assistir o Discovery Channel, vi um carinha falar uma pérola que me fez rir e ter raiva ao mesmo tempo. Ele foi categórico em dizer que se existisse vida fora da Terra, ela estaria tão longe que levaria pelo menos 150 mil anos para chegar aqui, o que seria muito longe e improvável. Achei essa declaração tão humanista (no pior sentido da palavra) e pequena, que resolvi passar aqui para deixar minha opinião a respeito.  Mas antes, uma matéria publicada essa semana em todo o mundo.

Astrônomos descobrem planeta fora do Sistema Solar que pode abrigar vida

Astrônomos de universidades europeias divulgaram nesta quinta-feira (8) ter descoberto um possível planeta habitável fora do Sistema Solar. O HD40307g tem uma massa sete vezes maior do que a da Terra e é o exoplaneta mais longe, entre os seis do seu sistema, da estrela HD40307, que está a 42 anos-luz.

Esta distância, semelhante a da órbita do nosso planeta para o Sol, é ideal para que o exoplaneta receba energia e calor suficientes para manter água em estado líquido em sua superfície e atmosfera estável para que seja habitado. Além disso, segundo os astrônomos, é provável que o HD40307g faça rotação em seu próprio eixo, uma vez que orbita essa estrela massiva, criando momentos diurnos e noturnos no planeta, outro fator semelhante ao da Terra.

A pesquisa, que será publicada no renomado periódico Astronomy & Astrophysics, foi liderado Mikko Tuomi, da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, e Guillem Anglada-Escude, Universidade de Goettingen, na Alemanha. 

A estrela HD 40307, um pouco menor e um pouco mais fria que o nosso Sol, já era conhecida dos astrônomos. Mas pesquisas anteriores apontavam apenas três objetos muito próximos ao seu redor – o que dificultava o surgimento da vida.

Só após cruzar dados do espectrógrafo Harps, do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês), o mais preciso do mundo para buscar planetas fora do Sistema Solar, o grupo conseguiu detectar sinais de três novos mundos na órbita da estrela, entre eles o exoplaneta HD40307g.

O estudo ressalta, também, que este não é a primeira vez que um estudo descobre um exoplaneta com potencial para abrigar a vida: a Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) conseguiu comprovar no início do ano que o Kepler 22b, detectado em 2009 pela missão espacial Kepler, está apto para ser habitável. Mesmo tendo condições similares às do HD40307g, ele fica muito longe da Terra, a cerca de 600 anos-luz, ao contrário da nova descoberta.

Fonte: UOL Notícias.

Para começar, vamos deixar claro algumas coisas. Pasmem, mas eu não acredito em seres cinzentos e cabeçudos que navegam uma panqueca de lata brilhante de última geração e que querem ser nossos amigos, ou muito menos invadir a Terra. Todavia acredito em vida fora da Terra. Não, eu não estou sendo contraditória (nem delirante). Mas acreditar em Deus e no sobrenatural já não é acreditar em vida extraterrestre? Pois bem, esse é pano para uma outra trama. Vamos ao que interessa.





Como assim "é longe demais"? Não é um pensamento muito pequeno querer medir o Universo com métricas terrenas? Há poucos anos atrás estávamos convencidos de que a Terra era plana e que o átomo era a menor parte divisível de matéria. Agora já temos a divisibilidade do átomo por partículas subatômicas (também divisíveis), a partícula de Higgs e até alguns amadores encontrando novos planetas e novos sóis. Então como é que mesmo assim alguém abre a boca para dizer que uma viagem intergaláctica seria improvável por conta do Universo ser muito grande?

Não sei se essas pessoas já ouviram falar de teorias como o Buraco de Minhoca, Universos que se dobram como uma folha de papel e até os multi-universos! Sim, não fazemos ideia se são verdade ou se poderiam ser. Mas negar essa possibilidade é ser muito pequeno, muito ignorante. Vamos listar algumas incoerências que provam meu ponto de vista. Aqueles que acreditam em vida inteligente superior fora da Terra: se são assim seres tão superiores, porque usam meios de transportes tão limitados quanto os nossos? Porque são regidos por leis da Física criadas (ou estipuladas) por seres humanos, na Terra? Não faz sentido. É o mesmo que formiguinhas dentro de um formigueiro, cheias de certezas sobre a atmosfera em Marte. Não tem como.



Sabemos muito pouco sobre o Universo, até mesmo sobre nós, da onde viemos, do que somos feitos e para onde vamos. Mas mesmo assim, temos páginas e páginas de certezas com prazos de validade próximos de expirar, além de uma convicção faraônica de que tudo é regido numa harmonia e complexidade compatíveis com a capacidade de nossos próprios cérebros. São as formigas que ao passo que são capazes de construir um formigueiro, também se sentiriam capazes de descobrir a tal partícula de Higgs, tão ou mais perdida que o peixe Nemo nos dias de hoje. Não dá. Você pode tentar, mas não vai conseguir explicar Física Quântica para uma formiga. É a mesma presunção humana de achar que todos os porquês da vida e do Universo estão apenas a uma partícula de serem descobertas e plenamente entendidas.

Não é que eu duvide da capacidade humana, longe de mim. É só que eu acho que não serão mais bilhões de anos que farão com que formigas desistam dos formigueiros e passem a construir pirâmides e naves espaciais. Acho que nem Darwin concordaria com isso. A evolução existiu e existe, assim como o espaço restrito em que ela é contida. O homem moderno precisa continuar a buscar conhecimento, mais e mais, é fato. Essa busca faz parte da nossa natureza. Porém precisamos também entender que nosso conhecimento é limitado, ao passo que em si somos limitados. Certas coisas -sempre- serão grandes demais para nosso entendimento. O problema é quando nos deparamos com essas questões muito maiores que nós, como formigas olhando para a Pirâmide de Gizé, nós preferimos simplesmente negar a existência daquilo que nunca, jamais, conseguiremos entender. Até batizamos com nomes bonitos, como "alucinação em massa", "fanatismo" ou até "ignorância científica". E então voltamos ao formigueiro, fazendo planos para descobrir o próximo pseudo-mistério, a próxima partícula de Higgs que alimentará ainda mais nossa sede de sermos o centro do Universo. 


Aldrêycka Albuquerque

domingo, 16 de setembro de 2012

[RAPIDINHA] Vampiros Imortais ou Clonagem Secreta?

Canadense vende no e-bay fotografia antiga datada de 1860. Ele alega ser uma questão de reencarnação, a grande semelhança com o ator John Travolta. [FONTE: Metro.]
 

Talvez alguns de vocês já tenham visto algumas dessas fotos. Fiz uma seleção das que eu achei mais parecido para que vocês tirem suas conclusões.


Um estudante de Harvard ficou abismado ao visitar o Vaticano, não por causa da beleza ou da história do lugar, mas por uma curiosa pintura de 500 anos atrás pintada pelo artista Raphael. Seria qualquer semelhança com o Stallone mera coincidência? [FONTE: IBTimes]




Foto de arquivo pessoal de um usuário do Flickr vira hit por parecer tanto com o Eddie Murphy. [FONTE: BuzzFeed]



Foto da Guerra Civil [FONTE: Buzzaurus]




Ator francês Paul Mounet (1847-1922) é a cara do Keanu. [FONTE: Wiki]



Seriam vampiros imortais ou apenas os moldes para se fazer seres humanos é que são limitados?



Foto da Guerra Civil [FONTE: Buzzaurus]





Paul Revere, marçom da Guerra Revolucionária americana [FONTE: Wiki].




Fotografia rara do pintor romeno Nicolae Grigorescu (1838 - 1907) [FONTE: Flickr]




Fotografia de soldado da guerra crivil americana [FONTE: Buzzaurus]



Deixe nos comentários sua explicação para isso!



IMAGENS: Google Imagens

terça-feira, 5 de junho de 2012

Os Maias e a última passagem do século de Vênus pelo Sol







Cientistas e curiosos se preparam para observar a passagem do planeta Vênus pelo Sol entre esta terça e quarta-feira. Durante o fenômeno, que só vai se repetir em 2117, os observadores poderão ver um pequeno ponto deslizando lentamente em frente do Sol.

O trânsito de Vênus, como é conhecido o fenômeno, acontece a intervalos alternados, um de 8 anos, outro superior a 100 anos. As últimas passagens do planeta entre o Sol e a Terra ocorreram em: 1639, 1761, 1769, 1874, 1882 e 2004.

Meio indireto de encontrar planetas —
Os cientistas dos séculos VI e VII observaram os trânsitos de Mercúrio e Vênus para medir a distância da Terra ao Sol e para calcular o tamanho do Sistema Solar. Com essas distâncias já calculadas, os cientistas de hoje acreditam que a observação desse fenômeno pode ter outra utilidade: uma oportunidade única para aprimorar o estudo de planetas fora do Sistema Solar.

Rick Fienberg, da Sociedade Astronômica Americana (AAS, na sigla em inglês), explica que os primeiros e últimos 20 minutos da passagem de Vênus serão os melhores momentos para observação porque, nesse momento, a luz solar vai formar uma espécie de camada em todo o planeta, atmosfera de Vênus. O fenômeno terá duração total de seis horas e meia. "Os astrônomos tentarão então medir a composição da atmosfera de Vênus", acrescentou Feinberg.

O Observatório Solar dos EUA (NSO) vai usar seus telescópios no Arizona, Novo México, Califórnia, Havaí, Austrália e Índia para gravar esse momento com centenas de imagens que exibirá em tempo real em seu site.

Os telescópios do NSO tentarão obter medições complementares da estrutura da atmosfera de Vênus buscando os rastros espectrais produzidos pelas emissões de gás carbônico, abundantes na atmosfera de Vênus.

Com um grande encontro em Mauna Kea (Havaí), considerado o melhor ponto do planeta para ver o fenômeno, a Nasa transmitirá o evento ao vivo em seu site e se conectará com analistas de seus centros e de 148 países de todo o mundo.

"Poderemos fazer medições da atmosfera de Vênus durante sua passagem diante do Sol e ver que tipo de sinais são obtidos tomando medidas similares de exoplanetas (como são chamados os planetas fora do Sistema Solar) que passam em frente à sua estrela e depois comparar os resultados", disse Gerard van Belle, astrônomo do Observatório Lowell, localizado no estado do Arizona, Estados Unidos.

Os especialistas acreditam que a galáxia está cheia de bilhões de planetas rochosos que poderiam permitir a existência de vida. A maioria ainda não foi descoberta e fica tão longe que seria impossível alcançá-los com a tecnologia moderna.
 
Quem vai conseguir ver o fenômeno — O início do trânsito será visível na América do Norte, América Central e Norte da América do Sul na última hora da tarde desta terça-feira, se o céu estiver limpo. O final do fenômeno não será visto nas outras regiões devido ao pôr-do-sol.
Toda a passagem de Vênus diante do Sol poderá ser vista na Ásia oriental e na região do Pacífico Ocidental. Na Europa, no Oriente Médio e no Sul da Ásia serão vistas as etapas finais do fenômeno durante o amanhecer.

Os astrônomos explicam que o fenômeno poderá ser visto a olho nu, mas lembram da necessidade do uso de um filtro apropriado para a observação, uma vez que a observação direta do Sol pode causar danos permanentes à visão.


FONTE: Revista VEJA.


Os Maias

Edmund Halley, descobridor do cometa que leva seu nome, percebeu que por meio dele é posível medir com grande precisão a distância Terra - Sol, parâmetro que define a escala do Sistema Solar.  Por problemas técnicos, Halley nunca atingiu a precisão que pode se conseguir com o método, e só em 1761 e 1769 houve sucesso.  

Em alguns sites sobre as profecias de 2012 faz-se referência a este evento (ver por exemplo a página de Eden Sky).  Sua importância deriva, dentre outros motivos,  do fato de que o início da Contagem Longa do Calendário Maia é chamado de Nascimento de Vênus (segundo Eden Sky). E segundo a 'profecia', nada melhor que terminar a sequência com um trânsito. Não sei qual tipo de nascimiento é este, mas seguramente não foi um trânsito: levando a sequência para  atrás a partir do ano 2012, vemos que houve trânsitos em 3221 AC e em  3100 AC. A Contagem Longa, segundo Eden Sky e outros profetas de 2012  começou em 11 de agosto de 3114 AC. 

Fora o  plano simbólico que lhe atribuem a este trânsito, minha impressão é que é mera coincidência acontecer justo no ano em que alguns autores afirmam que a Contagem Longa maia chegará a 13.0.0.0.0 (13 Ba'ktuns) e a numeração voltará a começar de zero.

Penso assim porque não encontrei em nenhum estudo sobre os conhecimentos astronômicos maias alguma referência a observações de trânsitos de Vênus.   É verdade que sua órbita fica dividida em dois trajetos de 263 días com  intervalos de 8 e 50 dias entre eles (ver figura abaixo).  Segundo alguns arqueólogos estes ciclos seriam a origem do Calendário Tzolkin maia.  Durante o período de 8 dias Vênus passa frente ao Sol, as vezes por cima, as vezes por baixo, por esse motivo a passagem nem sempre produz um trânsito.  É semelhante ao que acontece durante a Lua Nova: apesar que tem uma a cada 30 dias aproximadamente, só duas ou três vezes por ano acontece um eclipse de Sol que é  quando a Lua fica exactamente sobre o disco solar. Em outras palabras, o fato que os maias conheceram o ciclo anual de Vênus, não significa que conhecessem também que o planeta, as vezes, passa pela frente do Sol.
 
Diagrama que mostra a órbita de Vênus (bolinha cinza) vista desde a Terra (bolinha azul), o Sol é o círculo amarelo no centro. Entre os dois períodos de 263 dias em que o planeta é visível, tem un período de 50 e outro 8 dias de invisibilidade. No último, Vênus passa na frente do Sol.
 
 
Por mais que os profetas se empenhem, muitos eventos que acontecerão em 2012 serão pura coincidência e dificilmente tenham qualquer relação com os maias e sua cultura.   
 

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Galáxias e Buracos Negros



Ontem assisti um documentário muito bom no Discovery Theather HD. Sobre as galáxias e em especial (a parte que mais me interessou) sobre o Buracos Negros. Abaixo deste post deixo o link do Youtube para a primeira parte deste documentário, porém está sem legenda (sorry). 

Mas aí vão algumas considerações minha a respeito:

O que mais me chama atenção nos Buracos Negros é a total falta de conhecimento que a humanidade ainda tem a respeito deles. Nossa própria galáxia percorre uma rota ao redor de um, e mesmo assim nós não sabemos do que ele é feito, o que faz ou para que serve. Temos um monte de teorias mas sem nenhuma prova até o momento.

Sabe-se que nos buracos negros as Leis da Física (aquelas que Newton um dia estipulou) não se aplicam. E para justificar nossa total ignorância a respeito disso, dizemos que esses buracos são regidos pelo fenômeno da SINGULARIDADE. O que em outras palavras quer dizer: "tudo o que assumimos como verdade, como lei imutável da Física, lá não se aplica, e eu não tenho ideia do porquê'. Isso é inquietante, não?

Cada um que chegue com sua teoria: Que buracos negros são portais inter-dimensionais; Que são buracos de minhoca em que se pode viajar de um lugar para o outro do universo quase que instantaneamente; Que são bombas relógio prestes a explodirem como no Big Ban; Que do outro lado de cada buraco negro existe uma outra realidade avessa a nossa (um buraco branco); E por aí vai...

Assistam ao episódio e se impressionem. Gerem suas próprias teorias conspiratórias. E questionem! Questionem! Questionem!


Aldrêycka Albuquerque






 *Quem achar esse vídeo legendado, favor compartilhar aqui.*

segunda-feira, 5 de março de 2012

Foto de iPhone captura "laser" saindo de pirâmide Maia


Quando Hector Siliezar visitou a antiga cidade maia de Chichen Itza com sua esposa e filhos em 2009, ele tirou três fotos de seu iPhone de uma pirâmide que serviu como um templo sagrado para o deus maia Kukulkan. A tempestade estava se formando perto do templo e Siliezar estava tentando capturar um raio crepitante sobre as ruínas.

Nas duas primeiras imagens, nuvens negras pairam acima da pirâmide, mas nada está errado. No entanto, na terceira foto, um potente feixe de luz parece atirar para cima da pirâmide para o céu, e alguns flashes de raios no fundo.

Siliezar, que recentemente compartilhou as suas fotografias com os investigadores do ocultismo, disse que ele e sua família não viu o feixe de luz em pessoa, que só apareceu diante das câmeras. "Foi incrível!" , disse. Ele mostrou a foto do iPhone para seus outros turistas. "Ninguém, nem mesmo o guia do tour, nunca tinha visto isso antes."

A foto veio à tona em vários fóruns de discussão maia sobre o juízo final. Seria o feixe de luz um sinal dos deuses – uma advertência sobre 21 de dezembro de 2012, data que marca o fim do ciclo do calendário maia , e quando algumas pessoas temem que o mundo vai acabar? Ou é simplesmente o resultado de uma falha do iPhone?

De acordo com Jonathon Hill, um técnico de pesquisa e planejador da missão no Centro de Voo Espacial de Marte da Universidade do Arizona, que opera muitas das câmeras usadas durante as missões da NASA em Marte, é quase certamente a última hipótese (falha na câmera do telefone). Colina trabalha com imagens da superfície marciana tomado por robôs e satélites, bem como dados de instrumentos na órbita da Terra da NASA, e é plenamente experiente em artefatos de imagem e erros de equipamento.

Ele diz que o "raio de luz" na foto templo maia é um caso clássico um artefato – uma distorção em uma imagem que surge a partir da maneira como a câmeras recebe luz saltitantes.

Não é por mera coincidência, disse Hill, que das três imagens, o “raio de luz ‘ só ocorre na imagem com um raio no fundo. A intensidade do relâmpago  provavelmente causou erros no sensor da câmera CCD e a fez se comportar de uma forma inusitada, causando uma coluna inteira de pixels para compensar os seus valores ou causar uma reflexão interna [fora da] lente da câmera que foi gravado pelo sensor.

FONTE:  ARQUIVO UFO em 26/02/2012.

Minha opinião pessoal: não acredito em falha da câmera. O feixe de luz tá em um lugar exato, estranho, bizarro, dando a idéia de comunicação com os céus. E não é de hoje que sabemos que as pirâmides (inclusive as Maias) são condutoras de energia. Então, se essa imagem não for montagem, problema na lente da câmera é que não é. E se foram os raios de causaram o feixe, acho possivel. Mas seriam os raios (neste caso) algo natural ou induzido? Acho que existem curiosidades por debaixo de coisas que julgamos simples e normais. Um feixe de luz, um raio e uma pirâmide Maia? Não, não acredito em tamanha coincidência. E vocês?
Aldrêycka Albuquerque

sábado, 3 de março de 2012

Esfera cai do céu no Maranhão



Os cientistas brasileiros pretendem investigar um objeto metálico de aproximadamente 30 quilos e 1 metro de diâmetro que moradores relataram ter caído do céu na zona rural do município de Anapurus (MA), a 275 km de São Luis. A esfera metálica veio ao chão por volta das 6h da quarta-feira (22) e assustou os moradores do povoado Riacho dos Poços, a 15 km do centro da cidade.


A queda de objetos, provavelmente do foguete francês Ariane 4, já era prevista pela entidade americana Center For Orbital and Reentry Debris Studies. Segundo o site do órgão, a previsão era de que um objeto do foguete reentrasse na Terra às 7h22 do dia 22, com a diferença de três horas a mais ou a menos – ou seja, pouco mais de uma hora do relato dos moradores.

Segundo testemunhas, com a queda, o objeto atingiu um buritizeiro e um cajueiro, que tiveram galhos arrancados. Os moradores do povoado afirmaram que foram quatro “estrondos” causados com a queda da bola espacial, que abriu um buraco de cerca de um metro no chão próximo a casa de José Valdir Mendes, 46, proprietário do sítio que a esfera caiu.

De acordo com o professor da Universidade Federal de São Carlos, astrofísico Gustavo Rojas, apenas uma análise vai determinar exatamente o que é a peça que caiu no Maranhão. Porém, como um objeto similar do foguete Ariane 4 já caiu em Uganda, em 2002, é uma forte hipótese levada em conta pelo cientista.

“Uma identificação definitiva só pode ser feita após a análise do objeto. Contudo, é muito provável que seja o reservatório de Hélio do terceiro estágio de um foguete Ariane 4, lançado em 1997. Sua reentrada na atmosfera estava prevista para a manhã do dia 22, de acordo com o Center for Orbital and Reentry Debris Studies”, explicou.

Apesar de se tratar de lixo espacial, Rojas afirmou que pelas imagens que viu do objeto ele não contém material radioativo. “Porém, é importante salientar que é sempre prudente evitar tocar nesses objetos até que as autoridades locais sejam alertadas e a natureza do objeto identificada.”

Grande parte da população está assustada com a queda e teme que ocorra outra queda e aconteça um acidente com vítimas, mas Rojas orienta que a possibilidade de uma pessoa ser atingida por um lixo espacial “é muito menor que a de sofrer qualquer outro tipo de acidente cotidiano.”

“O medo é infundado. Estima-se que a chance de isso acontecer seja de 1 em 1 trilhão, enquanto por exemplo a de ser atingido por um raio é de 1 em 1 milhão. Em 50 anos de exploração espacial mais de 5 mil toneladas de lixo espacial voltaram ao solo, sem nenhum relato de vítimas.”




Relatos
Por conta do alvoroço causado pelo objeto, a Polícia Militar esteve no local, na tarde desta quinta-feira, em busca do objeto. Segundo os moradores, muitas pessoas ficaram com medo de ocorrer outra queda de lixo espacial.
“O barulho foi tão grande que os moradores do povoado acharam que era um avião que tinha caído”, afirmou Zacarias Santos, que reside em Chapadinha e foi ver de perto a bola metálica.

De acordo com relatos de moradores do povoado, a esfera caiu em cima de um cajueiro, atravessou o riacho dos Poços e ainda atingiu o tronco de um buritizeiro.

Apesar de a queda da esfera ter ocorrido na zona rural, onde existem poucas casas, os moradores das cidades próximas a Anapurus, como Chapadinha (a 29 km) e Mata Roma (a 7 km) estão assustados. O objeto atraiu centenas de pessoas que foram até o povoado Riacho dos Poços ver de perto o objeto que caiu do céu.

“Estamos todos assustados porque imagina se isso cai em cima de uma casa. A força da gravidade com o peso pode causar um acidente fatal”, disse Santos.

Segundo moradores que mexeram na esfera, o objeto é oco e possui fragmentos soltos dentro do globo. O objeto tem cerca de 1 metro de diâmetro, pesa cerca de 30k e tem em uma das partes uma espécie de válvula.

A delegacia de Anapurus informou à reportagem do UOL que não houve nenhuma abertura de BO (Boletim de Ocorrência) sobre o caso. Segundo o escrivão Raimundo Gonçalves, não vai investigar o caso. “Iríamos entrar no caso para investigar a origem da esfera se houvesse alguma pessoa atingida pela bola.”

O UOL entrou em contato com a assessoria de comunicação do CLA (Centro de Lançamento de Alcântara) e foi informada de que não havia registro de nenhum evento similar ao ocorrido em Anapurus, apesar de moradores afirmarem terem contatado a base de Alcântara sobre da queda de um objeto espacial. A reportagem enviou e-mail para o diretor do CLA, Ricardo Rodrigues Rangel, para saber se o objeto será levado para o centro e se algum especialista vai analisá-lo, mas até a publicação deste texto não obtivemos resposta.

FONTE: Aliny Gama - Do UOL, em Maceió 
http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/02/24/cientistas-vao-investigar-queda-de-lixo-espacial-ocorrida-em-anapurus-ma-moradores-estao-assustados.htm



Apesar de que eu realmente não ache nenhum indício ufológico aí, mesmo sendo a leiga que sou, fico impressionada com essas pessoas. Cai algo do céu e elas tocam, pegam, levantam, se esfregam.. Curiosidade pelo jeito ganha da Radioatividade. Se bem que a Aeronáutica negou qualquer indício de danos a saúde. Mas cá entre nós, o troço cai na casa de um rapaz pobre, um monte de gente toca no objeto, e isso vai dar câncer só daqui a 50 anos. A aeronáutica iria se preocupar em fazer alarde? Ficar calado é a melhor pedida, daqui a 50 anos ninguém nem vai lembrar do incidente. E o câncer hoje em dia não precisa de nada vindo do céu pra se manifestar... Então... "É amiguinhos, a bolota de metal vinda direto do espaço é do bem, não tem nem micróbio. É inofensiva. Beijem-a. Lambam-a. See you in 2062. Or not." ;-)
Aldrêycka Albuquerque

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Seriam os alienígenas os engenheiros do nosso passado megalítico?

Desenhado à laser?


Assistam esse inquietante documentário a respeito da perfeição matemática das nossas obras antigas e se questione se todas elas foram feitas manualmente ou não. Todas as provas estão aí, assistam, vejam com os próprios olhos e escolham no que acreditar.

Ancient Aliens - Aliens & Engenheiros 


PARTE 01



PARTE 02



PARTE 03



E aí? O que você acha?

sábado, 14 de janeiro de 2012

2012, a incógnita




O que não faltam são reportagens, matérias em jornais e revistas e até papos de boteco sobre o aclamado ano de 2012. E quando vimos, 2012 chegou e 21 de Dezembro está logo a porta. É momento para desespero? O mundo vai acabar? Sinceramente, vim aqui para dar minha opinião pessoal e deixar o link de um vídeo sobre o assunto para que vocês próprios possam então tomar suas próprias conclusões.

O solstício de 2012 é uma data chave sim. Os Maias foram apenas uma das civilizações antigas a chamarem atenção para ela, mas outros povos em tempos distintos fizeram a mesma coisa, acredito que isso não seja coincidência. Mas se o mundo vai acabar em 21/12/2012, não, isso eu não acredito. Primeiro porque eu sou cristã e pra mim o mundo só vai acabar quando ninguém imaginar. Sem datas marcadas, será de surpresa. Segundo que "acabar o mundo" é um fenômeno muito mais complexo se formos explicá-lo à luz da Bíblia (arrebatamento, anti cristo, falso profeta...). Mas meu interesse aqui não é esse, sigamos em frente.

Os Maias e demais povos em momento nenhum previram um Apocalipse, um fim do que chamamos de mundo. Todas essas civilizações tentaram nos avisar que em 2012 iria se iniciar um novo ciclo de vida, uma nova era. E para que o novo venha, tem que se terminar o antigo. Sim, esta era e este ciclo de vida vai terminar, e esse é o ponto principal. Para que essa era se finde, algumas coisas ruins estão para acontecer, na verdade já vem acontecendo, só vai piorar. Cataclismas, planetas nunca antes imaginados podem vir orbitar por essas bandas, um meteoro, aquecimento global, terceira guerra mundial. Escolha. Não acredito que exatamente no dia 21/12/2012 algo mágico vá acontecer, mas que este dia será o início do fim desta era. Este dia será o gatilho para uma grande reviravolta na Terra.

Os povos da antiguidade não tinham conhecimentos suficientes para saberem de tanto. Existem estruturas de arquitetura altamente complexa e de alta tecnologia que foram construídas numa época que segundo nossos cientistas, os homens estavam prestes a descobrir o fogo. Isso não faz o mínimo sentido. Nossa linha do tempo moderna afirma que enquanto estávamos aprendendo a andar eretos, estávamos também construindo mapas astrológicos extremamente precisos. A civilização mais antiga que se tem registro já sabia de coisas sobre o Universo que nós só fomos descobrir a poucas décadas atrás. A explicação que dou para isso é que todo esse conhecimento incluindo-se aí as tais profecias e anunciamentos foram contribuições de seres não terrestres. ETs? Anjos? Demônios? Fiquem a vontade para nomeá-los. Mas a história da humanidade a todo tempo vem sofrendo intervenções, acredito que isso seja um fato. Então voltando a 2012, acredito que os Maias foram mais um instrumento para que nos alertassem do que estava por vir.

Teorias que acho mais plausíveis: [1] um grande cataclisma proveniente da aparição de um planeta estranho orbitando entre a Terra e Vênus. Vejam a postagem sobre o Planeta X ou Nibiru. [2] inversão de pólos da Terra e consequente derretimento das calotas polares, proveniente de atividades solares atípicas. [3] uma terceira e devastadora grande guerra mundial. - É válido salientar que eu não acredito que seja este o Apocalipse, lembrando que falo isso mediante a Bíblia. E é segundo ela que digo que este período corresponde a profecia dos últimos dias antes da vinda de Cristo. Para os interessados, vide o livro de Mateus capítulo 24 da Bíblia Sagrada. Lá fica claro de que o fim bíblico só se inicia de fato com o arrebatamento da igreja. E este fenômeno não pode ser calculado o dia que irá ocorrer. Então para mim, 21/12/2012 se iniciará os últimos fenômenos que faltam para que o fim chegue.

"[3] Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? [4] E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;(...) [6] E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. [7] Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.[8] Mas todas estas coisas são o princípio de dores. [9] Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. (...) [15] Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda." Mateus 24:3-15
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane
Mateus 24:4
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane
Mateus 24:4
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane
Mateus 24:4





Sugiro que vocês leiam minha postagem sobre o CALENDÁRIO MAIA para se aprofundar no assunto e aproveitar para tirar conclusões em relação ao calendário terminar ou apenas recomeçar em 21/12/2012. O vídeo abaixo também pode ajudar. Deixe comentários dando sua opinião a respeito. Não sintam-se intimidados, os melhores pontos de vistas são aqueles que se dispõem a serem mudados quando convencidos.










Aldrêycka Albuquerque

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tuítes Apocalípticos do Porque2012